Desperte o interesse de virar investidor

Você já se interessou em investir na bolsa de valores, mas não sabe muito bem como funciona? Então leia esse texto até o final, para saber exatamente tudo sobre o mercado de ações e para começar o quanto antes a ganhar dinheiro investindo. Também vamos dar dicas de como investir na bolsa de valores com pouco dinheiro. Então fica bem ligado no texto, para começar seus investimentos o mais rápido possível.

Ao contrário do que a maioria pensa, investir na bolsa de valores é muito fácil, mas trabalhoso e requer estudo. Por isso, antes de qualquer coisa, mesmo que você leia todos os artigos possíveis, eu recomendo que você busque mais informações com as pessoas que já investem nela e são bem-sucedidas ou consulte um especialista de fato. Escolha sempre aquelas pessoas com certificações e que sabem tudo sobre o mercado, ou seja, estudam muito.

Eu digo isso, porque tem muita gente por aí que possui muitos anos de investimento, mas não estudam o suficiente para serem investidores de sucesso. Não testam o que funciona ou o que não funciona. E isso é algo que bato muito na tecla para quem está começando a investir agora: para ter sucesso como investidor da bolsa de valores, é necessário ter um estudo constante e frequente. Agora, vamos ao que interessa!

Você precisa saber que a bolsa de valores é um mercado online onde os investidores fazem essas transações, como a negociação das ações e outros produtos financeiros, que são ações de empresas de setores distintos do nosso país. Qualquer empresa pode abrir seu capital na bolsa, ou seja, há inúmeras opções de empresas para você investir. Esse processo todo de investimento é intermediado com o auxilio de correspondentes de negociações através das corretoras.

Para ser ainda mais claro, podemos imaginar a bolsa de valores como uma feira. Os produtores vencem seus produtos para que os clientes comprem. Esse é um processo semelhante ao de como a bolsa de valores opera: quando uma empresa decide vender uma ação, e um investidor se interessa em compra-la, a bolsa de valores será o ponto de encontro entre os dois.

O principal objetivo da bolsa de valores, é manter um ambiente seguro e organizado para que essas negociações ocorram sem nenhum problema. Dessa forma, a bolsa é quem garante que os investidores recebam as ações que compraram e que a empresa receba seu dinheiro. O importante é que essas transações sejam rápidas e eficientes.

imagem sobre ser investidor

No final das contas, todo mundo ganha, pois as pessoas que compram as ações ganham uma participação nas empresas, o que dá direito a receber parte dos lucros, entre outras coisas. Já as empresas conseguem captar dinheiro a um preço mais barato do que conseguiriam em bancos.

Já as ações, são como se fossem as partes da empresa. Podemos pensar que a empresa é um conjunto de ação, compreende? Ao se tornar detentor desse pedaço de uma empresa, você se torna sócio dela. Sendo sócio, como falei anteriormente, você tem direito aos lucros que a empresa ganha e, dependendo da ação, você pode ter até direito a votar nas assembleias.

Agora você me pergunta: por que devo investir na bolsa de valores? O primeiro de tudo é que, com a crise que estamos vivendo, temos que achar meios de ganhar dinheiro ou até uma renda extra que nos ajude a nos manter. Investir na bolsa de valores é uma delas, principalmente porque você não precisa de muito dinheiro para começar (falarei disso em breve).

Outro motivo é que, a bolsa de valores mostra resultados muito bons a longo prazo. Ressalto: a longo prazo. Não ache que você vai dormir pobre e acordará rico. É preciso muito esforço para isso, mas fique tranquilo pois os resultados são reais. Porém, infelizmente, aqui no Brasil, não temos essa cultura de investir na bolsa, por ser considerado um investimento de alto risco. O risco está associado com o prazo. Lembre-se disso.

Uma coisa que muita gente imagina errado sobre ser investidor é que “investidores são pessoas ricas e que tem muito dinheiro para investir”. É verdade que já ter uma quantia boa para começar ajuda muito, mas isso não é necessário. Existem inúmeros exemplos de investidores que começaram do zero e conseguiram ficar milionários. Então, ter o desejo de começar a investir, mesmo tendo pouco dinheiro, mostra que você tem uma das principais características de um investidor de sucesso, que é a capacidade de começar.

Recomendo que, caso você tenha valores baixos, como mil reais, por exemplo, que comece investindo em fundos.  Investir em fundo de ações pode não ser a maneira mais lucrativa de se investir na bolsa, mas é uma das mais simples e rápidas de começar, justamente por você ter pouco dinheiro.

As vantagens de investir em fundos são várias, como: o aporte inicial é pequeno, exige pouco tempo de acompanhamento, já que os administradores do fundo que irão cuidar das ações, pagamento do IR é descomplicado e é muito bom para começar a ter experiência sobre o sobe e desce de preços e já começar a ganhar alguma maturidade emocional.

Bom, os outros meios para investir na bolsa de valores, são: investir diretamente na bolsa, por meio de fundos (como já falei e expliquei) e por meio de clubes. Vale muito ressaltar que você pode investir pela Internet. Ou seja, você pode estar em qualquer lugar do mundo investindo o eu dinheiro. É ou não é incrível?

Agora que você já sabe muito sobre investimentos, abra a sua conta na corretora de sua preferência. Essa conta é necessária para que você envie o dinheiro da sua conta do banco, para a sua conta da corretora. Basta fazer uma transferência. Só existe um procedimento de segurança que, o dinheiro só vai entrar na sua conta da corretora, caso a sua conta bancaria seja do mesmo CPF da corretora. Então não pode dar mole com isso.

Depois de transferir o dinheiro para a conta da corretora, agora é só começar a investir. Faça o que quiser, só não saia fazendo sem saber. Procure sempre toda as informações possíveis, ou cursos sobre o assunto e, é claro, um profissional que possa sempre te ajudar.