Aposte no tipo de investimento que mais combina com você!

Muita gente não sabe que da pra fazer muito dinheiro investindo na bolsa de valores. Muita gente também não sabe que da pra ganhar muito dinheiro fazendo investimentos, existem diversas formas de investir seu dinheiro e você pode acabar fazendo muito dinheiro com esse tipo de atividade. As transações são feitas diretamente pelo seu computador, conectados na internet, e lá você também pode realizar pesquisas para saber mais sobre o assunto. Eu não fazia ideia de como começar a investir ou de como agir para dar início a minha carreira de investidora, mas eu batalhei muito, encontrei cursos na internet e hoje posso dizer que me considero uma boa investidora.

Eu comecei comprando ações de uma empresa promissora, eu pesquisei muito para saber se esta empresa me daria um retorno imediato e bem alto. Isso você vai discutir diretamente com a sua corretora, que é onde você vai abrir uma conta para realizar todas as suas operações. Eu recomendo que você escolha uma boa corretora, pesquise entre as melhores e descubra a que possui o melhor custo benefício para você, levando em conta o preço e a confiança. Pergunte em grupos de investidores quais são as corretoras mais recomendadas para um iniciante. Se você se esforçar, e estudar muito, contratar cursos e se dedicar 100%, você vai conseguir alcançar todos os seus objetivos de maneira simples e rápida.

Se você sente vontade de investir na bolsa de valores, você precisa entender um pouco o processo. Quando você compra ações no mercado de ações, você se torna automaticamente um sócio desta empresa, e passa a lucrar uma certa porcentagem do capital líquido da empresa. Mas não é fácil como parece, não é só comprar ações e aguardar o dinheiro entrar, você vai assumir algumas responsabilidades também. Para uma empresa crescer e enriquecer é essencial que você aplique todos os seus conhecimentos na empresa afim de aumentar a popularidade dela e chamar cada vez mais clientes para conhece-la. Tire vantagens de morar em um país com a bolsa de valores mais movimentada de toda a América Latina, as chances de você triunfar são gigantescas!

Caso você ache que seu perfil de investidor não combina com a bolsa de valores, existem outros tipos de investimento que você pode fazer como, por exemplo, o Tesouro Direto. É um tipo de investimento que você pode realizar diretamente pelo Tesouro Nacional, e consiste em vendas de títulos públicos para pessoas físicas.  Esses títulos públicos são emitidos pelo governo federal, e eles têm como objetivo arrecadar dinheiro para financiar e parar suas atividades incluindo saúde, educação e até infraestrutura. Então ao comprar um título público, é como se você estivesse emprestando dinheiro para o governo. Para investir no Tesouro direto é bem simples, você precisa possuir um CPF que é o Cadastro de Pessoa Física e você pode comprar os títulos diretamente pela Secretaria do Tesouro Nacional, através do seu computador.

uma imagem sobre investimentos

Existem diversos cursos disponíveis na internet que você pode fazer e ao final do curso você certamente se sentirá renovado e pronto para comprar algum título público. Os passos que devem se seguidos para você começar a investir seu dinheiro no Tesouro direto são simples e claros: Você precisa ter o seu CPF e possuir também uma conta corrente numa instituição financeira. Após este passo dado você vai precisar escolher uma instituição financeira para ser o intermédio entre você e o tesouro direto durante toda a transação. Esta instituição financeira pode ser um banco ou um agente de custódia que também pode ser chamada de corretora.

Você encontra na internet facilmente várias listas de instituições que são habilitadas a trabalhar com títulos públicos federais e você encontra também todas as taxas de administração que são cobradas por elas. Após a escolha da sua instituição financeira você vai estar apto para solicitar um cadastramento, para isso acontecer, você vai ter de fornecer todos os documentos necessários para que seja possível a abertura de uma conta em deu nome e desta forma você vai poder operar com o Tesouro Direto. De início você receberá uma senha provisória da BM&FBovespa, a qual te possibilitará ter o primeiro acesso à uma área que é restrita do Tesouro direto, que é onde acontece qualquer tipo de operação de venda, compra ou consultas a extratos e saldos.

Logo em seguida você poderá trocar a sua senha, e esta deve ter em sua composição de 8 a 16 dígitos, e também precisa ser composta por números, letras e caracteres especiais. A partir deste momento você será um investidor habilitado e já será apto para dar início as suas negociações. Então você só vai precisar descobrir qual é o título mais adequado ao seu perfil de investidor, o que vai te ajudar a alcançar seus objetivos o mais rápido possível. É claro que para te ajudar nessa escolha difícil você vai ter a ajuda da sua corretora e existe também uma ferramenta chamada Orientador Financeiro que é oferecida no site do Tesouro Direto e também na área restrita para investidores.

Uma vez que decidido qual título comprar, basta realizar a sua compra. Para quem não sabe, além desses dois tipos de investimento, existe também o Forex que é como se fosse um mercado de câmbio online internacional. É um pouco difícil de explicar, mas vamos tentar. Se você vai viajar com seus filhos para a França, ao invés de comprar euros em uma casa de câmbio onde possuem taxas altíssimas, você pode entrar no Forex e tentar fazer negociações lá.

Desta forma, você acaba gerando um lucro e ainda consegue seus euros para passar suas férias com a sua família na França bebendo vários vinhos chiques, comendo muitas baguetes com muito queijo brie e treinando muito o seu francês! Por ser uma plataforma online e mundial, o mercado é muito rico e bastante flexível, o que facilita para você manter a sua conta movimentada diariamente.

Como investir o seu dinheiro de forma segura na bolsa de valores

É verdade que para se investir dinheiro você precisa de preparo. Isso não tem como negar. Na verdade, qualquer coisa que realizamos nós precisamos nos informar e estar por dentro do assunto no qual vamos realizar algo. Ainda mais quando isso tem dinheiro envolvido, o que parece se tornar bem mais complicado. Pensando nisso, eu fui atrás de informações sobre as ações na bolsa de valores. O que uma boa parte da sociedade já escutou falar. Ou já sentiu vontade de investir, mas não tem tanta segurança para entrar nesse meio tão cobiçado.

O mundo dos investimentos é muito extenso, existem diversas formas de você conseguir investir seu dinheiro. E diferente do que muita gente fala o mundo financeiro não é só para pessoas ricas. Existem várias formas de começar investindo pouco dinheiro. E o poço que eu digo é pouco mesmo. Com cerca de 30 reais mensais você consegue começar a ter seu investimento. É um valor bem acessível para a maioria das pessoas, não é?

Isso é no Tesouro Direto, um modo de pessoa física comprar títulos públicos. Mas depois eu cito esse tipo de investimento. A bolsa de valores vende ações que são “pedaços de empresas”. Mas como assim? Os leigos no assunto deve estar se perguntando. Eu também não entendia sobre isso, mas depois que passei a estudar mais sobre o assunto acabou entrando na minha cabeça de forma mais fácil. Foram algumas semanas lendo muito sobre ações, peguei alguns livros na biblioteca da faculdade também. Além de tirar umas dúvidas com um professor que eu tinha.

E ele pode me ajudar um pouquinho nessa parte de entender como tudo funcionava. Após entender lendo um pouco de cada coisa. Procurei também sobre grandes investidores, pois lendo o relato deles poderia me ajudar ainda mais a saber sobre isso. Fica também essa dica para vocês que estão começando agora. Grandes investidores podem fazer com que a experiência deles colabore para o seu sucesso. Então é importante que tenha acesso a essas pessoas também.

Mesmo que seja um acesso “restrito” via textos ou matérias sobre eles na internet. Mas ajuda de alguma forma. Para quem não sabe as ações significam uma pequena parte do capital social de uma empresa. Mas o que seria isso? É como se a empresa tivesse se dividido em pequenas partes e colocado aquelas partes no mercado. E você e outros investidores compram essas partes. Com isso, ao comprar uma ação o investidor vira sócio daquela empresa, passando a ter riscos dos negócios junto a ela. Ou seja, terá participações nos lucros e prejuízos. Aí apareceu a palavra que ninguém quer ler, não é? Prejuízo. Como amenizar isso?

Basta você estudar e entender onde está investindo seu capital. Estude bem a empresa e procure saber o máximo sobre a ação que você está comprando. É necessário que se tenha muito conhecimento para exercer esse tipo de coisa. Os prejuízos podem se tornar quase nulos quando se tem acesso as informações. Costumo dizer que quem tem informação tem quase tudo. E se você estudou sobre aquilo, não tem porque sentir medo.

Os lucros são quase certos quando o planejamento é bom. Existem corretoras que podem te ajudar nisso, caso o seu banco não faça esse tipo de transação. Se informe na sua agência, caso eles não façam será necessário contratar uma corretora. E aí vai de você pesquisar para saber a segurança que elas passam para os clientes, as taxas cobradas, etc. Geralmente eles contam com pessoas especializadas para que possam te ajudar além de fazer a simples transação.

uma imagem sobre investimentosÉ importante que você procure saber disso antes, pois nem todas as corretoras fazem esse tipo de serviço de acompanhamento. O serviço de acompanhamento tem como objetivo fazer com que você tenha menos trabalho. Para ser um investidor de sucesso é necessário que você esteja sempre ligado no mundo financeiro. Esteja atualizado diariamente no que está rolando. Se você não tem tempo para isso é a hora de contratar algum desses especialistas para fazer isso por você. Pois o acompanhamento é primordial.

Feito isso você poderá ter mais tranquilidade. Hoje em dia as bolsas de valores funcionam através da internet, já não se vê tanto aquela multidão com telefones gigantes nos ouvidos e uma gritaria sem fim. Com a tecnologia até isso entrou na onda e está se modernizando. Já o tesouro direto, que citei lá em cima. Ele é uma forma mais fácil de investir. Pois tudo é feito online. Você terá acesso a todo o processo através de uma senha que será gerada especialmente para você. Ou seja, só você conseguirá ter acesso a sua conta.

O tesouro direto é constituído de títulos públicos vendidos para pessoas físicas. É como se você estivesse emprestando dinheiro ao governo e, em uma data pré designada, esse dinheiro voltará para você com juros e correção. Ou seja, é uma das formas mais seguras de se investir. Por isso tem se tornando muito comum entre as pessoas. Tudo bem que as ações são mais conhecidas. Mas o Tesouro Direto tem crescido demais por ter uma segurança maior. E as pessoas com medo ou pouco entendimento sobre o assunto acabam optando pela forma mais fácil.

Antes de colocar seu dinheiro em qualquer tipo de investimento, estude. Como falei é a melhor forma de você entender e ter segurança para realizar todo o trâmite. Na internet você acha esse tipo de assunto para leigos, eles explicam passo a passo de como começar, o que você precisa saber, etc. E isso é muito importante. Não é tão simples como algumas pessoas pensam, mas também não é nada complicado demais que você não vá conseguir entender e realizar. Basta ter um pouco de empenho e vontade de aprender sobre o assunto. É só ter informação que tudo ficará mais claro na sua cabeça. E assim se tornará um investir ou uma investidora de sucesso.

Você conhece todos os modelos de investimento?

Vou explicar nesse texto todos os modelos existentes de investimento disponíveis que você poderá recorrer nesse período de crise que estamos vivendo em nosso país e precisamos buscar novas maneiras de render dinheiro, além dos empregos que estão cada dia mais em risco com tamanho desemprego e a mais conhecida poupança que hoje, já não rende mais como desejamos, além de não podermos movimentar em momentos difíceis e nem lucra como gostaríamos.

Claro que estamos falando de um mercado delicado, que envolve diversos aspectos que oscilam o tempo todo, por isso estar atento a todo instante a cada detalhe que possa influenciar nessas mudanças é uma atividade essencial para quem deseja ingressar nesse mercado. Antes de falarmos do modelo é preciso entender um pouco mais sobre os perfis de cada investidor, pois será através dele que você descobrirá em qual modelo de investimento se encaixará melhor.

uma imagem sobre tipos de investimento

Você desvenda o seu perfil de acordo com algumas observações simples, por exemplo: existem pessoas que gostam mais de riscos, de trabalhos sobre pressão, outras são mais arrojadas, com perfil mais moderado, ou conservador, vai depender muito sobre como você se sente quanto a todos esses sentimentos para entender qual o modelo de investidor que será. E qual o ser perfil de investidor, se é daqueles que se arrisca mais, ou do perfil que prefere se sentir mais seguro.

Vamos dizer que com tantas descobertas de mercado novos no Brasil, saber o seu perfil exato pode ajudá-lo a ganhar mais dinheiro, pois sabendo explorar bem o seu jeito de investir, poderá entender o melhor produto para depositar o seu dinheiro, a maneira mais certa de obter o retorno que deseja com o seu investimento.

Bem mais seguro você entrar no mercado de acordo com o estilo que deseja trabalhar, se você é uma pessoa que gosta mais de aventuras, correr riscos e trabalhar sobre pressão para você não é um problema, o seu perfil é mais de riscos e nesse caso, poderá explorar muito investimentos em mercados mais arriscados, produtos novos e claro que precisará de muito estudo antes de qualquer ação, mas com toda certeza se encontrará dentro dos investimentos de risco.

Não existe melhor maneira de se realizar se não entrando no mercado financeiro da forma que mais se adequa ao seu perfil. Agora vamos falar sobre os tipos existentes de investimento no mercado.

Principais mesmo, são nove tipos. São eles:  Caderneta de poupança, Câmbio, Ouro, Títulos Públicos, Mercado de Ações, compra e vende de imóveis, CDB, debêntures e RDB.

A alguns anos atrás preferida aplicação financeira dos Brasileiros era a caderneta de poupança, porém isso mudou. Você ainda consegue apenas indo até um banco e entregando os seus documentos abrir uma conta poupança, porém ela já não rende um percentual por mês que seja satisfatório para uma renda extra no mês.

Um modelo mais tranquilo  de investimento são os títulos públicos, que tratam de títulos do governo federal e servem para captar recursos para algumas atividades públicas. Em tempos de crise ter esse dinheiro é muito importante e a menos que você tenha muito dinheiro para que a pequena porcentagem seja significativa esse modelo de investimento já não vale mais tanto a pena assim.

Podemos dizer que hora o mercado em câmbio, internacional então, conhecido como mercado em forex vale muito mais a pena em relação a geração de lucros, porém oferece mais riscos e por isso exige um estudo mais apurado antes de qualquer ação ou reação. Existem cursos que você poderá fazer e se garantir antes de entrar nesse mercado.
Lembre-se que esse mercado é instável e requer muita atenção pelo seu nível alto de riscos. Uma perda nesse modelo pode ser de valores altos e lhe prejudicar muito, tenha sempre cuidado e atenção.

Outro investimento que requer muito cuidado nos dias de hoje, onde nossa economia passa por uma instabilidade constante, está sempre oscilando e por isso pode trazer muitos ganhos, mas também perdas é preciso ter atenção com os investimentos em ouro. Assim como no caso dos investimentos em câmbio se tratando do ouro é preciso mais estudo e investidores mais experientes saem em vantagem nesses modelos.

Sabendo o seu perfil de investidor ficará mais simples escolher entre os investimentos que oferecem mais ou menos riscos. As pessoas acreditam que para começar um investimento precisam ter um alto poder aquisitivo, mas não é bem assim que as coisas funcionam, você não necessariamente precisa ser rico, precisa ter uma alta quantia para ganhar dinheiro nesse mercado. Você precisará sim, de muito estudo e dedicação.

Quatro boas dicas para quem está começando os seus investimentos, primeiro é sugar tudo que for possível das pessoas que conhecer que já estiverem investindo, já investiram ou que também estejam estudando, toda e qualquer informação pode ser muito valiosa para você, afinal a experiência e visão de cada um é diferente. Segundo é ler muito sobre cases de sucesso, você descobrirá que existem muitos caminhos até o sucesso, cheios de erros e acertos, você deverá aprender muito com todas as leituras que tiver sobre cada nome grande do mercado.

Terceira dica é seguir a página Mago do Mercado, pois lá você encontra tudo que um investidor iniciante precisa para estudar e entender quais os melhores caminhos a seguir, desde histórias de cases de sucesso e notícias sobre os mercados, até dicas de investimentos com lucros certos e baixos riscos. Até mesmo para quem não é iniciante essa dica vale ouro. A quarta dica é se manter atento a cada detalhe que possa afetar as mudanças no mercado financeiro.
Acessa lá a página e confere por exemplo, o curso de forex, ele oferece a segurança que você precisa para entrar nesse mercado e como em todos os outros cursos sobre o mercado financeiro métodos para se sair bem na sua trajetória até o sucesso financeiro nesse setor.