Você conhece todos os modelos de investimento?

Vou explicar nesse texto todos os modelos existentes de investimento disponíveis que você poderá recorrer nesse período de crise que estamos vivendo em nosso país e precisamos buscar novas maneiras de render dinheiro, além dos empregos que estão cada dia mais em risco com tamanho desemprego e a mais conhecida poupança que hoje, já não rende mais como desejamos, além de não podermos movimentar em momentos difíceis e nem lucra como gostaríamos.

Claro que estamos falando de um mercado delicado, que envolve diversos aspectos que oscilam o tempo todo, por isso estar atento a todo instante a cada detalhe que possa influenciar nessas mudanças é uma atividade essencial para quem deseja ingressar nesse mercado. Antes de falarmos do modelo é preciso entender um pouco mais sobre os perfis de cada investidor, pois será através dele que você descobrirá em qual modelo de investimento se encaixará melhor.

uma imagem sobre tipos de investimento

Você desvenda o seu perfil de acordo com algumas observações simples, por exemplo: existem pessoas que gostam mais de riscos, de trabalhos sobre pressão, outras são mais arrojadas, com perfil mais moderado, ou conservador, vai depender muito sobre como você se sente quanto a todos esses sentimentos para entender qual o modelo de investidor que será. E qual o ser perfil de investidor, se é daqueles que se arrisca mais, ou do perfil que prefere se sentir mais seguro.

Vamos dizer que com tantas descobertas de mercado novos no Brasil, saber o seu perfil exato pode ajudá-lo a ganhar mais dinheiro, pois sabendo explorar bem o seu jeito de investir, poderá entender o melhor produto para depositar o seu dinheiro, a maneira mais certa de obter o retorno que deseja com o seu investimento.

Bem mais seguro você entrar no mercado de acordo com o estilo que deseja trabalhar, se você é uma pessoa que gosta mais de aventuras, correr riscos e trabalhar sobre pressão para você não é um problema, o seu perfil é mais de riscos e nesse caso, poderá explorar muito investimentos em mercados mais arriscados, produtos novos e claro que precisará de muito estudo antes de qualquer ação, mas com toda certeza se encontrará dentro dos investimentos de risco.

Não existe melhor maneira de se realizar se não entrando no mercado financeiro da forma que mais se adequa ao seu perfil. Agora vamos falar sobre os tipos existentes de investimento no mercado.

Principais mesmo, são nove tipos. São eles:  Caderneta de poupança, Câmbio, Ouro, Títulos Públicos, Mercado de Ações, compra e vende de imóveis, CDB, debêntures e RDB.

A alguns anos atrás preferida aplicação financeira dos Brasileiros era a caderneta de poupança, porém isso mudou. Você ainda consegue apenas indo até um banco e entregando os seus documentos abrir uma conta poupança, porém ela já não rende um percentual por mês que seja satisfatório para uma renda extra no mês.

Um modelo mais tranquilo  de investimento são os títulos públicos, que tratam de títulos do governo federal e servem para captar recursos para algumas atividades públicas. Em tempos de crise ter esse dinheiro é muito importante e a menos que você tenha muito dinheiro para que a pequena porcentagem seja significativa esse modelo de investimento já não vale mais tanto a pena assim.

Podemos dizer que hora o mercado em câmbio, internacional então, conhecido como mercado em forex vale muito mais a pena em relação a geração de lucros, porém oferece mais riscos e por isso exige um estudo mais apurado antes de qualquer ação ou reação. Existem cursos que você poderá fazer e se garantir antes de entrar nesse mercado.
Lembre-se que esse mercado é instável e requer muita atenção pelo seu nível alto de riscos. Uma perda nesse modelo pode ser de valores altos e lhe prejudicar muito, tenha sempre cuidado e atenção.

Outro investimento que requer muito cuidado nos dias de hoje, onde nossa economia passa por uma instabilidade constante, está sempre oscilando e por isso pode trazer muitos ganhos, mas também perdas é preciso ter atenção com os investimentos em ouro. Assim como no caso dos investimentos em câmbio se tratando do ouro é preciso mais estudo e investidores mais experientes saem em vantagem nesses modelos.

Sabendo o seu perfil de investidor ficará mais simples escolher entre os investimentos que oferecem mais ou menos riscos. As pessoas acreditam que para começar um investimento precisam ter um alto poder aquisitivo, mas não é bem assim que as coisas funcionam, você não necessariamente precisa ser rico, precisa ter uma alta quantia para ganhar dinheiro nesse mercado. Você precisará sim, de muito estudo e dedicação.

Quatro boas dicas para quem está começando os seus investimentos, primeiro é sugar tudo que for possível das pessoas que conhecer que já estiverem investindo, já investiram ou que também estejam estudando, toda e qualquer informação pode ser muito valiosa para você, afinal a experiência e visão de cada um é diferente. Segundo é ler muito sobre cases de sucesso, você descobrirá que existem muitos caminhos até o sucesso, cheios de erros e acertos, você deverá aprender muito com todas as leituras que tiver sobre cada nome grande do mercado.

Terceira dica é seguir a página Mago do Mercado, pois lá você encontra tudo que um investidor iniciante precisa para estudar e entender quais os melhores caminhos a seguir, desde histórias de cases de sucesso e notícias sobre os mercados, até dicas de investimentos com lucros certos e baixos riscos. Até mesmo para quem não é iniciante essa dica vale ouro. A quarta dica é se manter atento a cada detalhe que possa afetar as mudanças no mercado financeiro.
Acessa lá a página e confere por exemplo, o curso de forex, ele oferece a segurança que você precisa para entrar nesse mercado e como em todos os outros cursos sobre o mercado financeiro métodos para se sair bem na sua trajetória até o sucesso financeiro nesse setor.